× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: katiaeluigi

Baixar

Katia e Luigi si sposano!

Nosso casamento não será apenas uma lembrança de uma longa jornada, e sim o início dos momentos maravilhosos que ainda iremos viver.

Está chegando o grande dia do nosso casamento, e estamos felizes por poder comemorar com todos vocês, nossos queridos parentes e amigos. Estamos preparando tudo com muito carinho, e cada detalhe refletirá um pouco das caracteristicas particulares de nós noivos.

Graças a grande paciencîa da Katia, o Luigi conseguiu colocar um pouco da sua paixão para os contos de fantasia neste evento. O casamento terá um leve toque de um conto de amor e feitos heroicos: a Balada de Leithian, um poema em versos escrito em 1925 por J.R.R. Tolkien (o mesmo autor do livro "O Senhor dos Anéis"). O Canto Décimo constitue a escrita circular visível abaixo, traduzida por Luigi, e que começa assim:

"musicas são lembradas, dos bardos cantadas

 de tanto tempo atrás, em elfico narradas..."

J.R.R. Tolkien - The Lay of Leithian (Canto X)

E é com esse tema que queremos apresentar nosso casamento, como um conto de outra época de um mundo que só pode existir nas nossas mentes. Todos vocês já devem ter lido o começo do Canto III no convite. Um outro elemento presente serão duas arvores. No mesmo contesto da Balada de Leithian, as Arvores Sagradas foram criadas pelos deuses na alvorada do tempo. Deles foram criados o Sol (divinidade feminina nesta mitologia) e a Lua (divinidade masculina). É por essa razão que pedimos a toda mulher de colocar algum detalhe de vestiario ou acessório dourado, e a todo homen de vestir um detalhe prateado (mas é só uma sugestão para quem quiser participar do nosso tema).



Sta arrivando il grande giorno del nostro matrimonio, e siamo lieti di festeggiare con tutti voi, nostri cari parenti ed amici. Stiamo preparando tutto con tanto amore, ed ogni dettaglio riflette alcune delle caratteristiche particolari di noi sposi.

Grazie alla grande pazienza di Katia, Gigi ha avuto l'opportunitá di inserire un poco della sua passione per i racconti fantastici in questo evento. Il matrimonio avrá un leggero tocco di un racconto di amore e gesta eroiche: il Cantico di Leithian, un poema in versi distici scritto nel 1925 da J.R.R. Tolkien (lo stesso autore del "Signore degli Anelli"). Il Decimo Canto, di cui la scritta circolare visibile di seguito tradotta da Gigi, comincia cosí:

"canzoni sono ricordate, dai bardi cantate

 di tanto tempo fá, in elfico narrate..."

J.R.R. Tolkien - The Lay of Leithian (Canto X)

Ed é con questo tema che vogliamo presentarvi il nostro matrimonio, come un racconto d'altri tempi di un mondo che esiste solo nelle nostre menti. Tutti voi avrete giá letto l'inizio del Canto III nell'invito. Un altro elemento presente saranno due alberi. Nello stesso contesto del Cantico di Leithian gli Alberi Sacri furono creati dagli dei agli albori del tempo. Da loro furono generati il Sole (divinità femminile in questa mitologia) e la Luna (divinità maschile). É per questo motivo che chiediamo ad ogni donna di vestire qualche dettaglio o accessorio dorato, e ad ogni uomo di indossare un dettaglio argentato (ma é solo un suggerimento per chi vuole partecipare al nostro tema).